Libertar a voz: prosódia e expressividade vocal

A fala é a forma mais direta de comunicação utilizada pelo professor, tanto os tradicionais contextos presenciais como na mais recentes formas de interação à distância, sejam síncronas ou assíncronas. Em todos os contextos é importante o professor saber utilizar a sua voz de forma a fazer chegar a sua mensagem.Para além das palavras e do seu significado, é importante preceber de que forma a dinâmica vocal, seja ao nível do tom, da intensidade ou das pausas criadas, crontribui para captar a atenção e melhorar a compreensão do que é dito.

Neste sentido, conhecer e treinar a prosódia, uma área estudada pela lingústica, é importante e pode trazer contributos relevantes para o professor se tornar num melhor comunicador. Neste workshop serão abordadas técnicas para treinar a voz e alcançar uma prosódia mais rica e uma melhor expressividade vocal.

André Araújo
Licenciado em Terapia da Fala, Mestre em Ciências da Fala e da Audição e Doutor em Acústica e Tecnologia da Música. Criou e liderou entre 2008 e 2012 o projeto Voz e Nós, com serviços interdisciplinares especializados para profissionais da voz, nomeadamente professores. Entre 2014 e 2017 coordenou a campanha Defende a Tua Voz, organizada pelo Sindicato de Professores da Zona Norte, com ações de formação e rastreio em toda a zona norte. Desde 2007 é Professor Adjunto na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico do Porto (ESS-P.Porto), onde atualmente coordena o mestrado em Terapia da Fala. Coordenou o Departamento de Voz da Sociedade Portuguesa de Terapia da Fala (SPTF) entre 2017 e 2021 e mantém atividade de investigação no Centro de Investigação em Reabilitação.