Casa do Professor

A Casa do Professor é a mais antiga associação de solidariedade social do país, criada em 1979 com a finalidade de apoiar os professores de todos os níveis de ensino, através da promoção de iniciativas de caráter social, científico, formativo, cultural e recreativo. Para a conquista desse objetivo, a instituição oferece um conjunto muito diversificado de atividades e serviços, em benefício dos associados e familiares diretos.

A intervenção da Casa do Professor não tem apenas como âmbito a vida profissional do associado, abrangendo, igualmente, as suas dimensões pessoal e familiar. A associação tem por objeto a dignificação dos professores, reforçando sucessivamente a nobreza da sua profissão, daí a aposta em ações de valorização profissional e iniciativas de intervenção social e dinamização cultural.

A associação orienta a sua ação para o reforço do reconhecimento do papel dos professores na sociedade, por isso a estratégia de atuação nas áreas social, cultural e formativa. Os seus associados têm ao dispor diversas valências: lar residencial, serviço de apoio domiciliário, academia de música, restaurante, auditório e biblioteca e um conjunto diversificado de serviços nas áreas jurídica, da saúde e da proteção social.

Centro de Formação

O Centro de Formação da Casa do Professor foi fundado em 1993 - inicialmente para dar resposta às necessidades formativas dos seus associados. Atualmente, é responsável por toda a atividade formativa direcionada para educadores, professores e público em geral, que promove, anualmente, um plano diversificado de ações de formação. Organiza, ainda, eventos de caráter científico-pedagógico. Possui acreditação do Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua para Formação de Professores.

Centro de Inovação Pedagógica

O Centro de Inovação Pedagógica pretende responder à complexa realidade das escolas, apoiando-se nas melhores estratégias nacionais e internacionais, de modo a contribuir para a definição de uma Política Educativa que considere a importância do papel dos professores. Integra especialistas e investigadores que respondem, de forma integrada, às problemáticas identificadas nos diferentes contextos escolares, assentes em quatro áreas fundamentais: pedagogia, tecnologia, psicologia e neurociência.